O mundo literário é das autoras!

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o blog Livros de Açúcar conta um pouco da história de autoras brasileiras e internacionais que são muito importantes para a literatura clássica e atual. Na lista, tem-se mulheres que lutaram pelo direito da escrita e aquelas que sustentam essa conquista.

Vale a pena lembrar que, antigamente, o sexo feminino era mal visto em diversos ramos considerados masculinos. A escrita, de certo modo, deveria estar dentro de padrões que eram corretos e éticos para a época. Ou seja, falar de certo assunto que incomodava ou era imoral, tornava-se um problema. Porém, alguns homens falavam e não eram tão criticados quanto quando mulheres colocavam os temas na mesa… Por que será?

Confira, agora, nomes importantes para o mundo literário e que tornaram o mercado editoral mais justo e criativo:

Cecília Meireles – Nascida no Rio de Janeiro, dia 7 de novembro de 1901, ela se tornou órfã aos três anos de idade quando a mãe falecera, e foi criada pela avó em uma doutrina bastante religiosa. Desde a infância Cecília mostrava amor pelas palavras, e quando chegou a juventude, deixou essa paixão desabrochar e ganhar vida. Com os anos, Cecília produziu várias outras obras que ganharam notoriedade e foram traduzidas para outras línguas e musicalizadas por artistas. A considerada grande obra dela é o Romanceiro da Inconfidência, lançada em 1953.

Carolina de Jesus – Considerada um dos nomes mais importantes para a literatura nacional, Carolina de Jesus nasceu em Minas Gerais no ano de 1914. A história da autora não foi fácil em questões de condições econômicas, porém, aos sete anos ela teve a oportunidade de frequentar a escola e assim, se apaixonou pelo mundo das palavras. Ao crescer, Carolina trabalhava como catadora de papel, e quando tinha tempo, registrava momentos cotidianos da favela em que morava. Esses registros viraram obras, como o primeiro livro dela Quarto de Despejo – Diário de uma Favelada, publicado em 1960 e virando um best-seller vendido em 40 países e traduzido para 16 idiomas.

Clarice Lispector – Nascida em 1920 na Ucrânia, Chaya Pinkhasovna Lispector chegou ao Brasil em 1922 por motivos de refúgio, já que ela era judia e naquela época a Guerra Civil Russa perseguia judeus. Aqui, ela descobriu o amor e talento pela escrita. Clarice, porém, nunca se considerou uma profissional da área, de acordo com entrevistas que ela dava. Dona de obras incríveis e clássicas, como por exemplo, A Hora da Estrela e O ovo e a galinha, a autora ganhou diversos prêmios literários ao longo da vida.

Emily Brontë – Emily Brontë nasceu no Reino Unido em 1918 e foi autora do livro O Morro dos Ventos Uivantes, única obra publicada dela. Ela era irmã de também outras duas escritoras, Anne e Charlotte. Na época, o livro foi recebido com várias críticas, principalmente por conta da presença de linguagem informal, cenas com violência e que eram contra os preceitos do momento. E um segredo que só foi revelado após a publicação da obra veio a tona e trouxe ainda mais discussão: quando O Morro dos Ventos Uivantes fora lançado, Emily usara o pseudônimo masculino Ellis Bell. Ao descobrirem que tal livro polêmico havia sido feito por uma moça… imaginem a confusão? Na época, o efeito se deu negativo. Hoje, a obra é um clássico, sendo adaptado para o universo do teatro e audiovisual.

Jane Austen – Conhecida mundialmente, Jane Austen é autora de vários livros de romance que são famosos por serem adaptados para áreas artísticas como o teatro e o audiovisual. Nascida em 1775 na Inglaterra, a autora tem como pontos característicos em suas obras a ironia das personagens. De acordo com o portal Revista Galileu, “a habilidade de escrever personagens femininas complexas e de explorar os conflitos das relações de classe e gênero fizeram dela uma escritora à frente de seu tempo”. Algumas das obras de Austen são: Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade e Emma.

Existem muitas outras autoras importantes que marcaram épocas do mundo literário, porém, é impossível citar todas elas porque são muitas e o post não caberia tanta informação. Alguns exemplos são Cora Coralina, Agatha Christie, Virginia Woolf…

Escritoras contemporâneas

Vários e vários nomes temos na literatura atual. Nora Roberts, Chimamanda Adichie, Marie Lu, Victoria Aveyard, Leigh Bardugo, Rainbow Rowell, Meg Cabot, Sabaa Tahir, Paula Pimenta, Thalita Rebouças, Carina Rissi…

J.K Rowling – Joanne Rowling é, sem dúvidas, uma das personalidades mais conhecidas do mundo contemporâneo. Escritora da famosíssima saga Harry Potter, ela entrou para a história do mundo literário criando um universo completamente novo e que hoje é alvo de incontáveis adaptações para áreas do entretenimento e arte. O sucesso de Harry Potter é tão grande, que a marca chegou a custar 15 bilhões de dólares! Nascida em 1965 no Reino Unido, Joanne começou a ter sucesso com o lançamento do primeiro de Harry Potter, em 1997. Com toda a fama e fortuna adquirida, a escritora doa parte do dinheiro para trabalhos filantrópicos, contribuindo com instituições que cuidam de crianças e também, investindo em pesquisas sobre esclerose múltipla.

Julia Quinn – Julie Pottinger é uma escritora de romances de época bastante famosa atualmente. Ele entrou na lista dos mais vendidos da New York Times 19 vezes e tem os livros traduzidos para 29 línguas. Autora de diversas obras, uma das mais conhecidas hoje é a série dos Bridgertons.

Saraa J. Maas – Se você gosta de passear por livrarias, com toda a certeza já avistou vários livros de Saraa nas estantes. Atualmente, as obras lançadas pela autora geram ondas de fãs nas redes sociais. Ela ganhou por três anos consecutivos o prêmio do Goodreads, o qual o resultado é decidido por meio de votação do público. Saraa é autora da série Trono de Vidro e Corte de Espinhos e Rosas.

São vários nomes que precisam ser lembrados e valorizados. E que façam sucesso cada vez mais.

Feliz Dia Internacional das Mulheres!

Escrito por

Sou Daniela Esperandio Dias, uma capixaba de 21 anos que é jornalista e tem coluna de uma senhora de 70. Estou na luta para aprender francês, amo ler e escrever, e tenho um cachorro idoso que me acompanha nas minhas tardes de estudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s